8 de out de 2007

Sou mulher com orgulho!!!

Como ser mulher em plena maturidade?
Sem perder a vaidade,
Sem simular ser puritana,
Sexualmente ativa,
Sem a etiqueta de prostituta
Quanto menos, leviana?
Como ser mulher sem ser vítima do preconceito?
Gozando de plenos direitos,
Com seu êxito aceito pela sociedade,
Qual ainda conserva “leis” de desigualdade,
E atos de puro desrespeito...
Como ser mulher sem dissimular sentimentos?
Em plena explosão emocional,
Poder expressar sua ira ou seu riso escandaloso,
Sem ser acusada de histérica ou anti-social...
Como ser mulher sem o estereótipo pré-menstrual?
Como ser mulher sem a etiqueta de "vulgar" ou “trivial”?
Por haver expressado seu gozo
Ou sua energia vital...
Como ser mulher e poder ser extravagante?
Como poder ter vários amados amantes?
Como poder ser inteligente,
Ousada e ao mesmo tempo atraente,
Vencedora e auto-suficiente?
E ao mesmo tempo ser tratada sem hostilidade ou temor...
Quando ser uma mulher assim?
E ao mesmo tempo conseguir o respeito ou amor
Sem ter que reivindicar,
ou justificar o tempo todo
O seu lugar merecido por seu imenso valor...
Ser mulher nunca foi fácil,
Mas difícil ainda é ser mulher como eu;
Mas para falar a verdade,
Sou uma mulher que não aprendeu,
Os ditames da feminidade,
Que esta arcaica sociedade concebeu...
Só sigo minhas régras de existência
Sou aquilo que a natureza fez e me deu.

Andréa Cristo

2 comentários:

Adriana disse...

Mãe, esposa, dona de casa e trabalhadora
Visite :)

Bjs


http://adrianaviaro.blogspot.com/

Liberté disse...

Ser mulher em uma sociedade machista, preconceituosa e onde a desigualdade de gênero cresce assustadoramente, apesar das lutas feministas, não é fácil. Porém, ser mulher independente, talentosa, madura, dona de suas vontades, indomável, lutadora, sedutora, desafiadora e liberal é somente para quem nasceu para ser dona de sua existência. É um prazer saber que no mundo existem MULHERES como VOCÊ!